terça-feira, novembro 11, 2008

amor-palhaço

Vou vender poesias tristes nos sinais de trânsito, mendigando moedas em troca de versos amargos sobre um coração machucado e sem sorte.
Minhas poesias serão grandes, de estrofes inacabáveis, carregadas de palavras ingênuas e romantismo barato...e em todas elas constará o mesmo tema, da forma mais ridícula, repetitiva e irritante que conseguir: o amor.
Vou me fazer de palhaço e pintar o rosto com um sorriso e uma lágrima. Talvez nem precise pintar a lágrima.
Há um desacerto em mim... e quero me vingar do ridículo que o amor me faz passar. Quero que olhem e pensem: o amor é um palhaço idiota, miserável e ridículo que passa a vida mendigando, vendendo palavras frustradas e promessas irrealizáveis... a troco de esmola.

7 comentários:

Anônimo disse...

O ser humano é capaz de esse destino! Basta querer!

Uri disse...

Caro anônimo, custei a entender seu comentário, mas, pela interpretação que adotei, concordo com vc. Porque para este destino não precisam concorrer muitos fatores. Basta que haja uma pessoa, várias frustrações e uma pitada de auto-compaixão.
Outros destinos também são possíveis, mas aí já depende da correspondência de outras pessoas: o timing da vida tem que ser certinho: amores correspondidos, frustrações esquecidas e uma enorme vocação ao otimismo.
Otimismo é forte, mas nem tanto... chega uma hora que o mais sonhador cai... acho que o autor deste texto andou tropeçando... aliás... que textinho mais dor-de-cotovelo, coitado dele, tããããão coitadinho kkkkkk.
Ass. O autor.

Anônimo disse...

Hehehe. Teve essa impressão mesmo! Pobre coitado...rs.
Na verdade, faltou uma palavra: MUDAR.
O ser humano é capaz de mudar seu destino! Disse isso no sentido de não se acomodar, encarar de frente os problemas, os amores mal resolvidos, frustações, seja lá o que for...
De qualquer forma, vc escreve muito bem.

Bia Pontes disse...

Masterpiece!
Porém, o palhaço não é aquele que se faz de bobo para dizer e fazer coisas que, se qq outro fizer de cara limpa, leva porrada? rsss
Acho que o palhaço é o que enxerga mais longe e melhor!
beijo,menino.

Uri disse...

Viu, como uma palavra MUDA tudo? aliás... palavras... hummmmm

Linna Bheatrice disse...

Oi Uri,
Fazia tempo que eu não lia algo seu. É impressionante como lê-lo sempre me remete ao desconhecido. Fico querendo imaginar porque vc escolheu essa ou aquela palavra... mania boba! rsrsrs
Parabéns, vc sempre soube usar as palavras.
Bjo, Linna

Anônimo disse...

Não há um desacerto em vc... Há uma parte que te falta!

Bjs, Ju